quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Linguagem Bíblica. Figuras de Retórica.


Linguagem Bíblica. Figuras de Retórica:
1- SÍMBOLOS.
A Bíblia é repleta de símbolos. Os símbolos classificam-se da seguinte forma:
a) Objetos reais
(1) Vestidos - simbolizam justiça real, méritos, etc.;
(2) Sangue - simboliza a vida;
(3) Linho Fino - simboliza a justiça real;
(4) Pão (da Ceia) - simboliza o Corpo de Cristo;
(5) Vinho (da Ceia) - simboliza o Sangue de Cristo;
(6) Ouro - simboliza a realeza, glória de Deus;
(7) Prata - simboliza resgate;
(8) Cobre - simboliza resistência;
(9) Fogo - simboliza purificação, juízo divino;
(10) Incenso - simboliza as orações;
(11) Sal - simboliza preservação;
(12) Óleo ou azeite - simbolizam o Espírito Santo, unção;
(13) etc.
b) Visões - Principalmente no A.T., há várias visões com simbologia diversas.
Exemplo: Visão da vara de amendoeira (Jr 1.11,12) - simboliza a vigilância do Senhor para cumprir Sua Palavra.
O termo hebraico para amendoeira significa “vigilante”, “desperto”.
c) Sonhos - Parecidos com as visões, os sonhos também têm sua simbologia.
Exemplo: O sonho das sete vacas gordas e sete vacas magras de faraó, foi interpretado por José como sete anos de fartura e sete anos de fome (Gn 41).
d) Nomes - Os judeus, geralmente davam nomes aos seus filhos de acordo com acontecimentos que marcaram a vida de seus pais na altura do parto. Entretanto, todos os nomes tinham seus significados. Exemplo: Adão - símbolo da humanidade caída. Jesus é o “último Adão” que desfez o que o “primeiro Adão” fez. Matusalém simboliza longevidade; Israel significa príncipe de Deus; Egito simboliza o mundo; etc.
e) Números - Temos que tomar cuidado ao darmos simbologia aos números. Não podemos evitar que haja
simbologia nos mesmos, mas, também, não podemos exagerar em sua significação.
Exemplo: Um - simboliza unidade, primazia;
Dois - simboliza divisão, relação, diferença;
Três - simboliza trindade, solidez (as dimensões);
Cinco - simboliza o fraco com o forte (3+2);
Seis - simboliza o homem, sua limitação;
Sete - simboliza perfeição, totalidade, repouso;
Dez - simboliza perfeição ordinal.
f) Cores - As cores também têm sua simbologia:
(1) Azul - simboliza perfeição;
(2) Púrpura - simboliza realeza;
(3) Carmesim - simboliza o pecado do homem e a autoridade divina em torná-lo mais branco do que a neve;
(4) Verde - simboliza esperança.
2 - TIPOS.
Tipo é a figuração de pessoa, coisa ou evento espiritual por pesoa, coisa ou evento material. Sendo assim, tipo é o que é tomado para representar, e antítipo é a coisa figurada. Vamos ver alguns exemplos:
TIPO: a) Serpente de metal levantada no deserto (Nm 20.4-9). b) Jonas no ventre do peixe (Jn 1.17).
c) Festa das primícias (Lv 23.9-14).
ANTÍTIPO: a) Jesus levantado no madeiro (Jo 3.14). b) Jesus no seio da terra (Mt 12.40).
c) Jesus - a primícia dos que ressuscitam (I Co 15.20).
3 - ENIGMA.
É um tipo de alegoria de difícil solução. Exemplo: O enigma de Sansão em jz 14.14. A solução se encontra no contexto da passagem.
4 - PARÁBOLA.
A parábola é uma alegoria apresentada em forma de narração de fatos comuns com o objetivo de revelar ou ensinar verdades importantes. Exemplo: Na parábola do Semeador, Jesus ensinou acerca de como o Evangelho é recebido e/ou rejeitado nos corações dos homens (Mc 4.1-20).
5 - METÁFORA.
Semelhança entre duas coisas que se aplicam a um termo. Exemplo: “Vós sois a luz do mundo”(Mt 5.14); “...Vós sois as varas...”(Jo 15.5).
6 - SINÉDOQUE.
Quando se relaciona duas coisas que não são semelhantes entre si. Exemplo: “A minha carne repousará segura”(Sl 16.9). Carne em lugar de corpo.
7 - METONÍMIA.
Quando se relaciona uma coisa com outra que tem com a primeira uma relação de causa e efeito. Exemplo: “... Se eu não te lavar, não tens parte comigo”(Jo 13.8). Lavar aqui significa purificar.
8 - PROSOPOPÉIA.
É a personificação de coisas inanimadas, dando-lhes os efeitos e ações das pessoas. Exemplo: “...o amor cobrirá uma multidão de pecados”(I Pe 4.8)
9 - IRONIA.
É uma expressão de sentido contrário do que se pretende dizer com o objetivo de diminuir, depreciar ou de louvar e engrandecer. Exemplo: “E sucedeu que, ao meio dia, Elias zombava deles, e dizia: clamai em altas vozes, porque ele é um deus; pode ser que esteja falando, ou que tenha alguma coisa que fazer, ou que intente alguma viagem; porventura dorme, e despertará”(I Rs 18.27).
10 - HIPÉRBOLE.
Figura que diminui ou engrandece exageradamente a verdade das coisas. Exemplo: “...cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que se escrevessem. Amém” (Jo 21.25).
11 - FABULA.
É um tipo de narração onde os seres irracionais e os objetos inanimados são apresentados com características pessoais. Exemplo: “E disse o espinheiro às árvores: se na verdade, me ungis reis sobre vós, vinde, confiai-vos debaixo da minha sombra...”(Jz 9.15).
12 - ALEGORIA.
Alegoria é a expressão de um pensamento sob forma figurada. É uma expressão fictícia que representa uma coisa para dar idéia de outra. Exemplo: Judá como um leãozinho (Gn 49.9); Israel, duas águias e a vinha (Ez 17.3-11).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário